Cruzeiro do Sul - Acre, quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Publicado em 12 de março de 2013

TELEX FREE É INVESTIGADA PELO MINISTÉRIO PÚBLICO DE MATO GROSSO

Compartilhe

    Comentários:

    1. francisco lima disse:

      Porque ninguém pega as cinco primeiras empresas que estão no topo de reclamações do PROCON para trabalhar, as cinco não, apenas a primeira, que garanto que tera serviço ate a próxima geração.

    2. Augusto Júnior disse:

      Isso eles não fazem! Muitas pessoas estão se dando bem! Talvez isso incomode alguém! Pessoas que viviam quase mendigando, hoje estão ganhando dinheiro na Telexfree!

    3. Paulo disse:

      essa materia é do começo do ano kkkkkk, antiga

    4. artur disse:

      a casa caiu, como é dificil de entender isso.

    5. Pedro Silva disse:

      Dizem que alegria de Pobre dura Pouca, quando se tem a chance de melhoria de vida para o pobre que se desdobra vende até sua própria casa de moradia para um pequeno investimento na Telexfree logo vem a força do governo através do MPE que é seu aliado para lhe tirar tudo e continuar submisso ao sistema, oferecendo-lhe apenas os famigerados auxílios de bolsa família, auxílio doença e maternidade, que são adquiridos com muito esforço e humilhação nos setores de atendimento ao publico necessitado. Mas tudo isso tem um preço que é a troca do voto do pobre pela manutenção dos famigerados benefícios acima citados. Todavia se prevalecer essa liminar contra a Telexfree o acreano deve ir paras as ruas e reivindicar seus direitos de pequeno investidor. Deixem que o risco seja os mesmos que se tem junto as corretores de valores, visto que todo investimento tem seu próprio risco como os das bolsas de valores e cotação do dólar que cai e sobe conforme suas oscilações. Mas o que é mais interessante é que o MPE deixou de lado o B-Bom e outras “supostas pirâmides” e atacou tão-somente a Telexfree será que isso não é uma concorrência desleal (…)-

    Deixe seu comentário

    Mensagem

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS