Cruzeiro do Sul - Acre, domingo, 18 de novembro de 2018

Publicado em 19 de dezembro de 2012

Um prêmio à corrupção

Depois de condenado pelo TCE a devolver dinheiro aos cofres do estado e denunciado pelo

MPF de participar de um esquema que desviou R$ 22 milhões dos cofres públicos, Nakamura

assina aditivo para execução do Ruas do Povo.

Treze dias após ser condenado pelo Tribunal de Contas do Estado, no dia 06 deste mês, a

devolver R$ 2,6 milhões aos cofres públicos, o homem forte das gestões de Jorge Viana e

Binho Marques, ex-diretor do Deracre, Sérgio Nakamura, foi premiado por Sebastião Viana

com um aditivo contratual no valor de R$ 751.825,69 (setecentos e cinquenta e um mil,

oitocentos e vinte e cinco reais e sessenta e nove centavos). O aditivo é referente ao contrato

Nº 03.2012.039-A, no valor de R$ 8.833.572,45 (oito milhões oitocentos e trinta e três mil

quinhentos e setenta e dois reais e quarenta e cinco centavos), assinado em março deste ano

entre o Depasa  e a empresa Ábaco engenharia, de propriedade de Nakamura, para execução

do Ruas do Povo em Epitaciolândia.

O programa Ruas do Povo é o principal do governo de Sebastião Viana. A empresa de

Nakamura tem contratos para execução de obras em Epitaciolândia e Rio Branco, no bairro

Alto Alegre.

Nakamura também é acusado pelo MPF pela participação em um esquema de desvio de mais de

R$ 22 milhões, dos cofres públicos, enquanto esteve na direção do Departamento de

Estradas e Rodagem do Acre.

Em janeiro deste ano, depois de ser homenageado com a medalha do grau de cavaleiro por

seu amigo, o governador Sebastião Viana (PT-AC), em menos dois meses, entre março e abril,

Nakamura assinou quatro contratos, que somados ultrapassam a cifra dos R$ 28 milhões.
Somente em março foram quase R$ 20 milhões, e em abril mais R$ 8,5 milhões.

Mas a generosidade teria uma explicação: Nakamura é um  importante financiador da

campanha do Partido dos Trabalhadores nas eleições.

De acordo com a prestação de contas do comitê financeiro do partido no Acre, disponibilizada

na página oficial do Tribunal Superior Eleitoral, a Ábaco Engenharia e Construções LTDA, doou

ao PT, R$ 50 mil, através de transferência eletrônica nas as eleições de
2010. A fatia maior: R$ 30 mil foi para Sebastião Viana. A menor, R$ 20 mil,
para o irmão do governador, o senador Jorge Viana, que ainda recebeu mais R$
1,5 mil de doação em nome do próprio Sérgio Nakamura.

Luciano Tavares – da redação de
ac24horas

Compartilhe

    Comentários:

    1. joao machado do carmo disse:

      Este sim sera um otimo natal do seu padrinho, o resto e conversa fiada. Que a justiça seja feita, obrigado.

    2. eliomar rezek disse:

      À melhor coisa é ser amigo do partido mais corrupto do BRASIL. O Partido dos Trabalhadores. E aqui no acre não é diferente pois quem leva o dinheiro do povo e ajuda nas eleições é rei, e ainda tem direito de ganhar mais.

    3. Detonando disse:

      Safadeza, impunidade, ladroagem

    Deixe seu comentário

    Mensagem

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS