Cruzeiro do Sul - Acre, quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Publicado em 5 de novembro de 2014

“O PT agradece os votos que recebeu com reajustes de preços”, diz Sales

antonia salesA deputada estadual Antonia Sales (PMDB), que concorreu ao cargo de vice-governadora do Acre, na chapa derrotada, encabeçada por Márcio Bittar (PSDB), nas eleições deste ano, agradeceu os votos que recebeu e destacou que os eleitores estariam recebendo um “presente de grego” do governo do PT que reajustou os preços da energias e dos combustíveis, após a disputa eleitoral.

“O PT agradece os votos que recebeu com reajustes de preços. Voltei da balsa com muita honra. Quero parabenizar os colegas que se reelegeram nesta Casa. Eliane Sinasique continuará honrando nosso partido na Aleac. Tenho certeza que nosso Estado vai ganhar muito com o mandato dela. Me solidarizo com aqueles que não retornaram. Não se sintam derrotados, tiveram a coragem de competir.

A peemedebista disse que denunciou durante o período eleitoral, assuntos que poderia provar. “Estou feliz de ter concorrido às eleições, como vice de Marcio Bittar, enfrentando um governo que está aí há 16 anos. Só quero que dessa vez, eles cumpram as promessas que fizeram ao povo acreano. O povo pedia alternância, de poder pedia mudança, mas a máquina pesou na questão”.

Antonia Sales destaca a eleição de Jéssica Sales (PMDB), como deputada federal. “Em menos de 40 dias de campanha, ela foi eleita. Este é o reconhecimento do trabalho de Antonia Sales e Vagner Sales. Jéssica fará a diferença, trabalhando junto com o povo, atendendo as comunidades isoladas, dialogando com os prefeitos. Porque é assim que trabalha um político de verdade”.

Presente de grego

Os reajustes na tarifa de energia e nos preços dos combustíveis, anunciados recentemente pelo Governo Federal, foram lembrados por Antonia Sales, como um “agradecimento amargo” pela reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). Antonia Sales relembrou a questão do reajuste da alíquota de ICMS na tarifa de energia no Acre, na administração do ex-governador Jorge Viana (PT).

O governador Jorge Viana subiu a alíquota de 17% para 25% – dizendo que seria temporário, já estamos com 16 anos, mas o imposto não foi reduzido. Quem não cumpre o que promete são os governantes petistas. Quem vai sofrer com os reajustes é o povo dependente dos benefícios sociais, que não vão poder pagar o gás e a tarifa de energia. Este é o presente de Natal que o povo vai receber”.

Ray Melo, da editoria de política de ac24horas

Compartilhe

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS