Cruzeiro do Sul - Acre, terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Publicado em 18 de janeiro de 2019

Mobilização nacional pode resultar em investigação sobre governos do PT no Acre

O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), afirmou nesta quinta-feira (17) que o governo federal capitaneará um processo para responsabilizar os ex-governadores e Tribunais de Contas Estaduais (TCEs) pela quebradeira generalizada nos Estados. Ele se reuniu com o ministro da Economia, Paulo Guedes, que teria dito que a intenção é fechar um acordo com os novos governadores para que uma investigação seja iniciada. No Acre, atos da gestão de Sebastião Viana nos últimos meses de 2018 passam por uma devassa pela Procuradoria Geral do Estado, mas se a tese de Barbalho e Guedes prosperar a investigação do mandato petista pode ser ainda mais profunda.

Em entrevista, Barbalho disse avaliar que há uma clara compreensão do governo federal de que os novos gestores estão comprometidos com o ajuste das contas dos Estados e não podem ser punidos ou terem os mandatos inviabilizados pela má conduta dos antecessores. Ele disse que o Tesouro Nacional pedirá aos TCEs um levantamento de alertas feitos e ignorados pelos antigos governadores, segundo O Globo. O governo federal também quer que os novos governadores levantem possíveis omissões de técnicos das cortes estaduais de contas que legitimaram gestões que não foram responsáveis no campo fiscal. “Há uma busca de movimento para tentar responsabilizar os antecessores. O Tesouro Nacional deve convocar os Tribunais de Contas dos Estados já para os próximos dias”, disse o governador.

Fonte:ac24horas

Compartilhe

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS