Cruzeiro do Sul - Acre, segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Publicado em 23 de maio de 2013

Jorge odiava a corrupção, Emilson odiava o PT e os Viana, e Denise não ama ninguém

No dia 30 de dezembro de 1999, o advogado Emilson Brasil foi preso por ordem da juíza Denise Castelo Bonfim acusado de se apropriar de dinheiro da extinta Empresa de Processamentos de Dados do Acre  (Acredata), da qual fora presidente na gestão do governador Orleir Cameli.

O advogado passou 60 dias preso não sem antes o então governador Jorge Viana (PT) ocupar todos os espaços possíveis na mídia local para anunciar que havia recuperado R$ 20 mil com a prisão e que isso fazia parte do esforço de sua gestão para moralizar a administração pública.

Após 14 anos, Denise Castelo Bonfim se tornou desembargadora e, a pedido da Polícia Federal, decretou prisões preventivas, expediu mandados de busca e apreensão e de condução coercitiva, bloqueio de bens e compartilhamento de provas contra empreiteiros e secretários do governo estadual envolvidos com o G-7 – grupo de sete empresas de construção civil que atuava de modo articulado para fraudar licitações de obras públicas no Acre.

O ex-governador Jorge Viana, atualmente vice-presidente do Senado, agora não se cansa de dizer que existe gente sendo injustiçada pela decisão da desembargadora, o que inclui o sobrinho dele, Tiago Viana Neves Paiva, diretor de Análise Clínica da Secretaria de Saúde, indiciado por formação de quadrilha e fraude à licitação, o único dos 15 presos da Operação G-7 que conseguiu liberdade até agora.

E o advogado? Cadê Emilson Brasil na história? Ele foi absolvido da acusação de apropriação indébita e se tornou um dos mais atuantes na defesa do G-7, sobretudo em relação ao petista sobrinho do senador e do governador Tião Viana.

É o Acre, porra.

Fonte: Blog do Altino

Compartilhe

    Comentários:

    1. araruta filho disse:

      Este embroglio esta quase igual a da Iigreja Evangelica Quadrangular donde um Pastar Deputado por nome de … esta quase fechando a mesma, só porque alguns Pastores fundadores da masma não comungam com Politica, saem e levam seus rebanhos completo, se calcular do meado do segundo semestre de 2012 para cá a mesma ja perdeu talvez trinta porcento ou mais de seu rebanho, acorda Quadraugular se não daqui a pouco não sobra ninguem para fechar as portas das que restarem. Sai da Catolica só porque o PT usava como se fosse um escritorio para reuniões, saie e agora todos eles estão nas Evangelicas soube que foi o novo Bispo que pois todos para correrem de lá, não vejo a hora de retorna a meu antigo convivio religioso, Vai de Retro Satanás.

    2. deus disse:

      Não os evangelicos são abençoados eles não roubam não abortam e não cometem crimes politicos eles tem que conseguirem colocar uma emenda na constituição afirmando artigo primeiro todo evangelico não pode ser julgado, artigo segundo todo evangelico não pode ser preso, artigo terceiro todo evangelico deve ser considerado um espirito santo, vão tomar bando de EVANGELICOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!.

    3. nildo disse:

      nós acreanos precisamos de juistiça e estamos casados de tanta demagogia, por parte desses politicos, precisamos de viver uma realidade, e que eles pensam que sao donosdo Acre, mas isto vai começar a mudar a partir de 2014. Oposiçao se unam nós estamos esperando essa uniao, para colocar essa cambada de ladroes, atras das grades. oposiçao Cladisson Cameli, Petecao, Marcio Bitar e Bocalon se unam os acreanos estao esperando por esta uniao.

    4. EURICO LEBRE disse:

      Parabéns Altino, pela lucidez de seus artigos e comentários,
      Vc sabe mas é bom consignar: o jornalismo praticado
      por vc reflete a parte mais confiável da imprensa acreana.

      Vá em frente, parabéns.

      Eurico Lebre
      Advogado Cruzeirense
      residindo em Manaus.

    Deixe seu comentário

    Mensagem

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS