Cruzeiro do Sul - Acre, quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Publicado em 17 de dezembro de 2012

Investida da FPA para cassar Vagner Sales poderá derrubar César Messias, Élson Santiago e Ronald Polanco, aliados de Sebastião Viana

A disposição da cúpula do Partido dos Trabalhadores em tomar a prefeitura de Cruzeiro do Sul, utilizando um processo que tramita há sete anos, contra o prefeito reeleito do município, Vagner Sales (PMDB), poderá prejudicar também aliados da Frente Popular do Acre. As denúncias de sonegação fiscal e peculato, apresentadas pelo Ministério Público Federal, contra os 24 deputados estaduais da legislatura de 1995 a 1998, estariam sendo usadas como arma para prejudicar o principal adversário dos líderes do PT no Vale do Juruá-AC.

Em 2000, um grupo de Marajás da Assembléia Legislativa do Acre, após embate com a Mesa Diretora que mandou cortar vantagens de servidores graduados, resolveu contra-atacar e informou a Receita Federal que todos os deputados cometiam crime de apropriação indevida de valores da quota de passagem, nos anos de 1996, 1997 e 1998. Neste época, o vice-governador César Messias (PSB) e o presidente do TCE, Ronald Polanco, ocupavam cadeiras no parlamento, assim como o atual presidente da casa, Élson Santiago.

Nos últimos dias os advogados do PT recorreram às instâncias superiores contra Vagner Sales, trazendo o assunto novamente aos tribunais e promovendo um linchamento público do “Leão do Juruá”. Mas esqueceram de dizer a opinião pública que César Messias, Élson Santiago e Ronald Polanco também respondem pelos mesmos crime e são réus na mesma ação proposta pelo MPF.

Para o advogado Gilson Pescador, que defende o prefeito do PMDB, “a questão judicial estaria sendo usada de forma política, através da influência dos líderes da FPA na Justiça Estadual e Justiça Federal, fazendo os processos tramitarem de forma célere contra seus adversários políticos”.  No mesmo processo em questão, os ex-deputados Roberto Filho e Luis Garcia foram condenados. A defesa dos acusados suspeita de suposto favorecimento da Justiça aos políticos ligados ao PT. “Para alguns dos ex-deputados, o processo corre, para outros está estacionado”, ataca o advogado Gilson Pescador.

Vagner Sales poderá recorrer o CNJ

Procurado pela reportagem, o prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales disse que poderá recorrer ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Para Sales, “se a justiça é tão justa, a perda de cargo pode ser decretada também no caso de César Messias e dos demais acusados que possuam cargos”. E indaga: “porque só eu?”

O processo de César Messias

O processo do vice de Sebastião Viana teria sido ajuizado em 23 de agosto de 2006, na Terceira Vara Criminal, mesma data que foi encaminhado ao TJ Acre. César Messias teria prerrogativa da função de vice-governador, o que lhe garantiu que o processo fosse julgado apenas pelos desembargadores membros do TJ.

Gilson pescador argumenta que “há sete anos o processo do vice-governador anda a passos lentos”. Segundo ele, o Ministério Público interviu em 23 de agosto de 2003 “e só a partir dai, o TJ Acre baixou a ação novamente a Terceira Vara Criminal, para instrução e coleta de depoimentos e provas”, revela.

O advogado de Vagner Sales diz que “a prescrição do processo de César Messias deverá acontecer em 2013, se persistir a morosidade da ação judicial que tramita em âmbito da Justiça acreana”. Isso significa dizer que com a prescrição, o vice-governador, que é ligado do PT, não responderá pela acusação de peculato.

Élson Santiago também responde processo

Aliado das administrações petistas desde que os partidos de direita perderam o poder no Estado, o presidente da Aleac, deputado Élson Santiago também é denunciado por peculato em emissão de passagens aéreas. O parlamentar teria se reelegido duas vezes, após a instauração da ação judicial. Élson Santiago também poderá perder o cargo e ficar inelegível se os processos ressuscitados pelos advogados da Frente Popular sejam motivo de condenação dos 24 políticos envolvidos.

Ronald Polanco poderá ser afastado

O presidente do TCE, Ronald Polanco responde às acusações na corte especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Polanco foi indicado ao cargo de conselheiro na administração do ex-governador Jorge Viana (PT), que sempre teve suas contas aprovadas pela corte. Na época das denúncias de sonegação fiscal, o ex-deputado petista era primeiro secretário da Mesa Diretora da Assembléia Legislativa, ou seja: o ordenador de despesas.

O STJ acolheu a denúncia por unanimidade. O Ministério Público Federal sustenta que a Aleac pagava à agência de turismo indicada por Polanco, mediante a apresentação de faturas forjadas com os valores relativos à cota mensal de passagens. Suspeita-se que uma das agências de Viagens beneficiada é uma empresa pertencente a Família Santiago.

A exemplo de Vagner Sales, se condenados, os políticos e gestores ligados à administração de Sebastião Viana poderão perder os cargos e ficar inelegíveis.

Ray Melo,da redação de ac24horas

Compartilhe

    Comentários:

    1. Aurea disse:

      Que pena o PT querer tomar a prefeitura de czs a qualquer preço. isso é lamentavel o Vagner foi o melhor prefeito da história…..mais Deus é fiel

    2. simone disse:

      todos tem que pagar pelos os seus erros ,vai em frente FPA,bom trabalho

    3. democracia disse:

      Nossa você vive em Cruzeiro do Sul?

    4. simone disse:

      a justiça de Deus tarda mas não falta,pode ter certeza povo do acre

    5. o verdaddeiro disse:

      o pt tanto roubou todos estes anos de mandato e nada foi feito continua roubando e enganando os menos farvorecidos e não é feito nada em q mundo nós vivemos onde os poderosos fazem o q querem e os puxa sacos aplaudem ne dona simone,parabens a vcs q ainda querem ver nossa amada cruzeiro destruida pela essa coja q é o pt.

    6. Duran disse:

      Tem que cair todos sem exceção, tanto do lado A ou B nenhum presta,

    7. reivis disse:

      E santiago,tu que queria ser todo certinho.

    8. Maria disse:

      Esse é apenas um filamento de um país corrompido e totalmente podre de dentro pra fora. Lamentável.

    9. #chupapoliticadoacre disse:

      Bando de puxa saco, o PT vai cair e quem tiver do lado ganhando dinheiro atoa vai junto, os dias estao contados e vcs que fazem tudo pelo PT vao ficar sem nada, forçar uma coisa que a populaçao elegeu, ai é demais, ja bloquearam o horario e agora querem czs, tem que saber perder!!!!

    10. Carlos disse:

      ENGRAÇADO, AINDA TEM FILHA DA PUTA QUE DIZ, VAI EM FRENTE FPA,AGORA EU PERGUNTO, JA OUVIU FALAR EM MENSALÃO,JOSÉ DIRCEU, DELUBIO,MELHOR VAMOS FALAR DAQUI DE PERTO, NEUZARI PINHEIRO DO PT, DA FPA, LADRÃO BANDIDO, SÓ QUERO QUE ME DIGAM 1,1 SÓ SE QUER DO ENVOLVIMENTO DO VAGNER SALES COM ESSES BANDIDOS, ISSO MESMO PREFEITO, BOLA PRA FRENTE E NÃO SE ALIE COM ESSES LADROES, QUE ACHAM QUE SÃO DONOS DO ESTADO, BANDO DE CORRUPTOS, QUERO SÓ VER QDO ELES SAIREM O QUANTO DE CRIMES DELES VÃO SER JOGADOS ATONA, PQ ELES ENCOBREM E MANDAM NA JUSTIÇA ACREANA, MAIS UM DIA ELES CAIEM E A QUEDA VAI SER ALTA.

    11. Vanderlucio Pontes da silva disse:

      TODO PODER EMANDA DO POVO, E É DADO PELO POVO!MAS A INDA SIM Á TURMA DO ……AJÁ QUE PODE CRIAR AS SUAS PROPRIAS LEIS.VANDERLUCIO PONTES DA SILVA

    12. LIMA disse:

      KKK…Faz-me rir, todos vocês brigando e se esperniando por politicos que vivem de politicagem, tanto governo como oposisão. Esquecem todos da ideia real de figura pública ou servidor público, senhores e dever de todos lembrar a eles que são servidores públicos, nos representando. Ao lugar de ficar-mos brigando a favor de um ou de outro, como e cultural em Cruzeiro do Sul, vamos mudar esta Historia.
      Isto tudo ai não se passa de jogo de cintura, jogo politico, preparando caminhos para as proximas eleições – suponho eu que nao seja para nos ajudar não – tando de um lado como de outro, que pague quem deve, pague como uma pessoa normal igual a nós.

      Lima, 23 anos, Cruzeiro do Sul.AC

    Deixe seu comentário

    Mensagem

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS