Cruzeiro do Sul - Acre, quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Publicado em 3 de julho de 2014

Cadê a fiscalização: Presas do Acre usam Facebook e Whatsap

detentas em presídio usam whatsapUm fato grave e preocupante vem sendo denunciado por Agentes Penitenciários de Rio Branco. É que embora presos, muitos detentos do Presídio Francisco de Oliveira Conde continuam tendo acesso a telefone celular e consequentemente as redes sociais como o Whatsapp e facebook, trocando mensagens e atualizando perfis, sem nenhuma preocupação ou algum tipo de impedimento.

Um desses casos foi denunciado por agentes penitenciários. A reeducanda Jessica Moraes 22 é usuária assídua das redes sociais. Seu último registro no Face deu-se no fim da tarde do último dia 27, onde ela e sua parceira de cela Janaina Brenda pousam para fotos de dentro do banheiro do presídio. Há também imagens dela com seus familiares em seu quarto de cela onde se exibe sem nenhum pudor.

Além do FACEBOOK, Jéssica também usa Whatsapp ativo, o que é mais preocupante, pois é uma rede que facilita a troca de mensagens apenas tendo acesso a internet, permitindo à detenta a conferência entre a prisão e a vida social.

No perfil de Jéssica Moraes no Facebook, há também um relato de uma amiga, que comprova que Jéssica está presa e tem acesso a rede social. Na postagem a amiga escreveu “Fiquem todas com Deu, espero que vocês possam sair daí logo para continuar suas vidas aqui fora”.

No ano passado, outras presas da ala feminina mostraram fotos sensuais tiradas dentro do presídio. O fato mostra a fragilidade do sistema prisional acreano, a facilidade com que presos do Acre têm acesso a telefones celulares e a falta de fiscalização dentro das unidades penitenciárias do Estado.

Tribuna do Juruá – Com informações de Mundo Cão Notícias

Compartilhe

    Deixe seu comentário

    Mensagem

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS