Cruzeiro do Sul - Acre, quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Publicado em 12 de janeiro de 2017

Por falta de material, médica utiliza saco plástico para realizar parto no Jordão

avental de sacolaA denúncia foi postada na internet por funcionários da Unidade Mista, da cidade do Jordão, na manhã desta quarta-feira, 11. Na fotografia, aparece o que segundo testemunhas, seria uma médica obstetra, vestida com um saco plástico, utilizado comumente para acondicionar lixo.

A imagem bizarra logo repercutiu e ganhou páginas de jornais e de sites importantes em rede estadual, além de, causar revolta por parte da população daquele município e de internautas.

Segundo funcionários e pacientes da Unidade Mista de Saúde, denominada Hospital da Família, que também realiza partos, o pequeno hospital vive um verdadeiro caos por falta de instrumentos para trabalho, remédios e até alimentação.

De acordo com servidores falta tudo, desde luvas, para a realização de simples procedimentos, até mesmo, seringas e remédios.

Servidores afirmam que remédios e equipamentos estão sendo adquiridos, comprados, pela própria médica que aparece na fotografia, e pagos com seu cartão de crédito.

 Segundo uma outra funcionária do hospital, que não quis se identificar por medo de retaliação, o caso da médica usando um saco de lixo como avental improvisado não é um fato isolado. Além disso, os servidores sofrem com ameaças de perderam seus empregos, caso denunciem a situação.

 “A doutora compra ocitocina no próprio cartão dela, não tem aqui e ela dá um jeito. Aqui falta de tudo”, disse.

Não foi possível o contato com Secretaria Estadual de Saúde para saber a veracidade das informações divulgadas.

Tribuna do Juruá

 

Compartilhe

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS