Cruzeiro do Sul - Acre, terça-feira, 18 de setembro de 2018

Publicado em 28 de outubro de 2016

MAL DA MONTANHA – Acidente nas Cordilheiras no Peru mata três brasileiros

Um grave acidente nas Cordilheiras dos Andes tirou a vida de três brasileiros que viajavam ao Peru, na tarde desta acidente-no-perusexta-feira, 28/10, por volta das 14h. Informações preliminares e precárias dão conta que os três ocupantes foram a óbito após o veículo sair numa curva na região de Hualla Hualla, próximo ao município de Marcapata, região montanhosa da Carretera Interoceanica que fica a mais de 4.000 metros de altitude.

O veículo era conduzido pelo sargento Gamal Hussein Rosas Murad, do Corpo de Bombeiros Militar do Acre, e tinha como passageiras Antônia Lopes Lodi e Maria Amélia Pereira da Silva, esta servidora do Incra e que estava lotada no gabinete da presidente do Tribunal de Justiça do Acre, desembargadora Cesarinete Angelim.

acidente-no-peru-02Junto com o veículo acidentado, três motociclistas faziam parte da viagem e foram os primeiros a presenciar o acidente: o juiz federal Naíber Pontes de Almeida, o empresário José Roberto da Silva Barbosa e Edson Lodi, de Brasília, esposo da vítima Antônia Lopes Lodi.

Segundo apurou a reportagem do Acreaovivo.com, os corpos foram trasladados para o necrotério da cidade de Cusco, onde aguardam os trâmites necessários para a repatriação ao Brasil.

O motorista sargento Murad estudava Gestão em Turismo e já havia realizado outras viagens pelas Cordilheiras, sendo experiente em estradas, o que leva a especulação de que tenha sofrido “apagão” causado pelo mal da montanha, em razão da elevada altitude e pouca oxigênio, causando sonolência. A estrada na região é bastante sinuosa, porém bem sinalizada, mas normalmente está molhada e por vezes com fina camada de gelo.

Fonte: acreaovivo.com

 

Compartilhe

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS