Cruzeiro do Sul - Acre, domingo, 18 de novembro de 2018

Publicado em 13 de julho de 2015

Vagner Sales concede aumento salarial a servidores da Educação

Reunidos em assembleia-geral, os trabalhadores em educação aceitaram o reajuste salarial proposto pelo prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales (PMDB). A medida evitou uma possível greve da categoria no município.

Diferente do Governo do Acre, que se mantém irredutível diante da reivindicação dos profissionais em educação, em greve há quase um mês, o município de Cruzeiro do Sul conseguiu dentro de um clima de tranquilidade, um acordo junto a categoria. A medida favorece aos profissinais e, sobretudo, ao pleno andamento do ano letivo, uma vez que as escolas de rede municipal de ensino estão em plena atividade.

A negociação entre a direção do SINTEAC e o prefeito Vagner Sales (PMDB), resultou num entendimento entre ambas as partes, refletindo num reajuste salarial importante para os profissionais. De maneira que ficou acordado aos servidores administrativos aumento em torno de 8%, já os de nível superior o aumento ficou entre 5% e 8%, levando em conta o tempo de serviço. Já os profissionais com especialização, estes conquistaram aumento de até 20%. Além disso, os professores do quadro permanente conquistaram o auxílio alimentação.

Vale destacar que desde abril, os profesores de nível superior e médio tiveram seus vencimentos acrescidos em mais 11% e 13% respectivamente. Outro apecto importante trata-se do abono salarial, concedido desde o mês passado aos trabalhadores.

Na contramão do que acontece em todo o Estado, onde a insensibilidade dos administradores tem comprometido o andamento do ano letivo da rede estadual de ensino, a atual administração cruzeirense tem se pautado pelo zelo a coisa pública e o respeito aos servidores.

Na avaliação de Valdenísio Martins, presidente do sindicado, a relação SINTEAC/Prefeitura tem se mantido amistosa e com interesse de ambas as partes em garantir e proporcionar direitos dos trabalhadores em educação. “Tem gestões que infelizmente só tem previsão de valorizar os profissionais a partir de 2016 e outros nem isso. E a Prefeitura de Cruzeiro do Sul foi a única até agora apresentou uma proposta com beneficíios à categoria imediatos. E por isso, em assembleia ocorrida na última sexta-feira, 10 decidimos fechar acordo, mesmo não sedo o nosso ideal, por entender o momento de crise que todas as gestões etão passando” ressaltou Martins.

Desde o início da atual gestão, foi constituída uma comissão permanente de negociação com a participação efetiva da representação do SINTEAC, secretarias municipais de Educação e Administração e do prefeito Vagner Sales, que tem se esforçado para atender as reivindicações dos trabalhadores, sem desrespeitar os limites previsto em lei.

“O trabalho conjunto que temos feito tem possibilitado um debate democrático das questões de interesse da categoria, levando sempre em consideração a capacidade de comprometimento dos recursos com pagamento de pessoal, por parte da Prefeitura. Estamos fazendo sem dúvida um grande esforço para atender os trabalhadores, pois esta é uma medida imediata que vai gerar aumento na folha de pagamento da educação no exercício, o valor de R$ 1,5 minlhão. Tenho consciência de que o que acordamos não é ainda o que nossos profissionais merecem, mas, com certeza estamos fazendo muito mais até do o Governo do Estado, que simplesmente tem virado as costas a categoria”, finalizou Sales ao se referir a reivindicação da categoria em âmbito estadual, que até agora parece não ter surtido efeito algum perante o radicalismo da gestão Viana.

Compartilhe

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS