Cruzeiro do Sul - Acre, quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Publicado em 26 de agosto de 2011

Ufac pretende transferir curso de docência indígena para Rio Branco

A possibilidade trouxe preocupação para os indígenas, que participam do curso de Formação em Nível Superior, com duração de 4 anos. Provisoriamente os indígenas estão instalados no Centro de Treinamento Diocesano, em Cruzeiro do Sul, local onde as aulas também são ministradas.

Com a demora das obras da construção de um local específico para os cursos de formação indígena que está em andamento no Campus, os indígenas ainda permanecem instalados em local temporário.

Mas, recentemente, por questões estruturais, além de outros aspectos, coordenadores da Ufac começam a trabalhar a possibilidade de os indígenas terem o curso modular transferido para a capital do estado, Rio Branco.

A notícia não agradou. Os alunos temem que mais uma vez tentem criar alternativas inviáveis. Os indígenas lembram o longo período que já aguardam por instalações permanentes em Cruzeiro do Sul, mas que até agora nada foi feito. Eles temem que a ida para Rio Branco represente realidade semelhante a que estão passando na Região do Juruá.

Outra preocupação que começa a surgir com a possível saída de um curso do campus Floresta para a capital é a notável perda para a instituição em Cruzeiro do Sul, uma vez que existe um movimento crescente de emancipação da sede em Rio Branco. A transferência de um curso como este que simboliza a democratização do acesso à universidade, além de ser base fundamental como fonte de investimentos altíssimos, pode fragilizar o processo de independência do campus.

A graduação em docência indígena contempla mais de 11 etnias. Destas, 10 são do Vale do Juruá, além da presença dos Manchineris do Rio Iaco, afluente do rio Purus.

www.tribunadojurua.com – Dayana Maia

Compartilhe

    Comentários:

    1. Paula Teles disse:

      Por que será que Cruzeiro do Sul ainda não se tornou independente de Rio Branco, fala sério!
      os indios são maioria no juruá, e as opniões deles não serve pra nada? por favor reitores e governantes vamos ser democraticos, esses alunos também devem ser ouvidos se querem o curso aqui ou em Rio Branco.

    Deixe seu comentário

    Mensagem

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS