Cruzeiro do Sul - Acre, segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Publicado em 26 de julho de 2013

Sinteac lança nota de repúdio ao Governo do Estado do Acre

O governo descumpriu o pagamento da VDP E VDG

sinteacDepois que os professores de Cruzeiro do Sul decidiram voltar à sala de aula, na última quarta-feira(24), o Governo do Estado do Acre não assumiu o compromisso que havia garantido realizar. O pagamento da VDP (Prêmio de Valorização e Desenvolvimento Profissional) e a VDG (Prêmio de Valorização e Desenvolvimento da Gestão), deveriam ser efetuados no mês de julho do corrente ano. O governo alega que não existem condições para efetuar o pagamento. O Sinteac lançou uma nota de repúdio referente ao caso. Acompanhe:

NOTA DE REPÚDIO

O SINTEAC – Núcleo de Cruzeiro do Sul – vem através desta nota repudiar a atitude intransigente, desrespeitosa, irresponsável e covarde do Governo do Estado do Acre, neste caso, representado pela Secretaria de Estado de Educação, pelo descumprimento dos acordos firmados com a nossa categoria, referentes aos pagamentos da VDP (Prêmio de Valorização e Desenvolvimento Profissional) e da VDG (Prêmio de Valorização e Desenvolvimento da Gestão), que deveriam ser efetuados no mês de julho do corrente ano.

Repudiamos também a falta de coragem e consideração por parte do Governador Sebastião Viana e do seu Secretário Daniel Zen, por não terem em momento algum dialogado com a categoria durante os 29 dias de greve, deixando para aparecer aqui de forma descarada e imoral um dia após o encerramento do movimento grevista.

Para nós, os trabalhadores, não interessam as desculpas fúteis do Governo do Estado do Acre. Interessa-nos, sim, que ele cumpra os seus compromissos como nós estamos cumprindo os nossos.

Portanto, os Trabalhadores em Educação externam suas decepções com esse Governo, que se considera democrático, defensor dos direitos dos trabalhadores e que é oriundo dos movimentos sociais. Finalizamos dizendo que não foram os Trabalhadores em Educação que levaram o Estado ao caos financeiro em que se encontra. Logo, não são eles que devem pagar o preço de uma gestão que não se pauta pelo planejamento cauteloso de suas ações.

Aproveitamos o momento para reiterar o nosso compromisso em defesa dos trabalhadores em educação em todas as situações em que isso for necessário.

 

Atenciosamente,

VALDENÍSIO MARTINS LEITÃO

Presidente do SINTEAC – Núcleo de Cruzeiro do Sul.

Cruzeiro do Sul-Acre, 26 de julho de 2013.

Tribuna do Juruá

Compartilhe

    Comentários:

    1. Augusto Júnior disse:

      Hum! Sei! Nota de repúdio!

    2. EDEM disse:

      ATE Q ENFIM ABRIRAM OS OLHOS?

    3. AO disse:

      Olha, é vergonhoso passarem 29 dias de greve e no final não conseguirem nada. No final os únicos prejudicados foram os professores e os alunos, principalmente aqueles alunos que têm um exame pela frente que é decisivo em suas vidas. Também é revoltante e desestimulante para o profissional da educação, depois de ver escândalos por cima de escândalos com o dinheiro público, não conseguir um aumento. Mas não esqueçam, as eleições estão as portas, é uma oportunidade muita boa para se dá o troco na mesma medida, se é que isso que a maior categoria do estado quer. Acho sinceramente que não, pois na educação tem muitos puxa-sacos que é na peia e não votam contra. Fica o recado.

    4. mari disse:

      foram enganados porque quizeram.sabemos que não podemos confiar nessas pessoas.

    5. afffffff disse:

      Diretoria estadual FAJUTA usa os núcleos dos municípios como bucha de canhão …..basta ! Tem que acabar esta farsa ! A categoria saiu derrotada e agora terá que repor as aulas sacrificando os educandos que nada tem a ver com o descompromisso do sr governador defensor das ratazanas gordas do G7 , do ZEN e do sr Sandin e Alcilene que não terão que ir ralar numa sala de aula para repor aulas e ganhar um péssimo salário . Mas a eleição vem ai …… Nos aguarde ! REVOLTAAAAAAAAA !

    6. Profª Luzinete disse:

      …Só sendo brasileiros msm, sempre jogando a culp em alguém. Para quem esteve nas assembleias desde o início e nao acompanhou de perto a luta do SINTEAC pelas causas reivindicadas fica criticando e apontando dedos e palavras indevidas. Tds somos responsáveis pelo enfraquecimento e termino da greve, quem foi q votou p retornar as aulas, foram uma ampla parte da categoria… Então precisamos assumir o porque voltamos e nao ficar desfazendo do trabalho e esforço do SINTEAC. Voltamos porque temos a responsabilidade com a educaçao coisa que nossas autoridades nao tiveram e nao tem diante da valorizaçao educacional…

    Deixe seu comentário

    Mensagem

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS