Cruzeiro do Sul - Acre, quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Publicado em 11 de abril de 2014

SAMU deixa esfaqueado sem socorro

ambulancias czsA saúde de primeiro mundo propalada em vento e proza por dirigentes da FPA nos últimos anos, até que apresentou alguns avanços. No entanto reclamações são constantes, principalmente demora nos atendimentos nos Pronto Socorro de diversas cidades e o atendimento da SAMU.
Em Cruzeiro do Sul não é diferente. Vira e mexe o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência é questionado por quem precisa do serviço. Na quarta feira 09, mais uma vez ficou evidenciado que o atendimento é deficitário. São apenas duas equipes de atendimento em duas ambulâncias e quando é preciso atender mais de uma ocorrência, o serviço é questionado pela população.
Naquela noite uma equipe estava atendo uma vítima de picada de cobra na estrada do Pentecoste e a outra um acidente de trânsito, onde um motociclista atropelou uma jovem grávida. Ao mesmo tempo Policiais militares solicitaram atendimento a um homem que foi lesionado com uma facada nas costas e o atendimento não pode ser oferecido porque não havia viatura disponível naquele momento.
Com isso, o atendimento a pessoa esfaqueada foi feito por uma pessoa leiga, que estava no local do incidente e em seu veículo se prontificou em conduzir o ferido até o Pronto Socorro, sem observar os cuidados mínimos necessários a uma pessoa ferida por arma branca.
Enquanto isso, ainda tem gente que acha que tudo está sob controle e que as críticas são infundadas.
Tribuna do Juruá – Adelcimar Carvalho
Compartilhe

    Comentários:

    1. Raimundo Carlos de Lima disse:

      Esse é o retrato da saúde em nosso Brasil. Portanto, como bem colocado na matéria, em Cruzeiro do Sul não é diferente! As deficiências são semelhantes nos mais diversos pontos de nosso País! Até quando….?

    2. Adsson disse:

      Isso é verdade mesmo tem duas viaturas mais de segunda a quinta ficar um técnico de enfermagem pegar um ralar e dois motorista, muito raro a outra sai porque não tem técnico.o médico nem em caso de morte ele sai tem muito e preguiça( nem todos uns sai poucos). isso sim porque todas vítima de trauma o médico tem que sai na viatura e não sai. Só quero falar para população que o motorista e técnicas de enfermagem não tem nada a ver com a solicitação de vocês porque quem libera e o médico platonismo do dia. Isso poder verificar e verdade. ..

    3. iga disse:

      Cruzeiro do Sul nem deveria ter SAMU.

    Deixe seu comentário

    Mensagem

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS