Cruzeiro do Sul - Acre, quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Publicado em 6 de outubro de 2011

PTN expulsa vereador cruzeirense por infidelidade partidária

Partido ainda vai pedir o mandado do vereador. Ribeiro diz estar tranquilo pois já havia pedido desfiliação.

A direção estadual do Partido Trabalhista Nacional (PTN) abriu processo administrativo  contra o vereador, Francisco Ribeiro de Cruzeiro do Sul, por infidelidade partidária, depois que  ele votou contra o colega de partido, Luiz do Correio, candidato a presidente da casa na última eleição para a mesa diretora.

O voto do vereador Ribeiro, foi decisivo para eleger Celso Lima Verde do PMDB, como novo presidente da casa legislativa. O vice-presidente da executiva estadual do PTN,  Eros Asfury, explicou que Ribeiro nunca foi fiel ao partido e desde que assumiu o cargo de vereador  vinha causando  problemas.

De acordo com Asfury, o partido deu um prazo para que o vereador apresentasse sua defesa, mas Ribeiro não deu importância. O próximo passo da direção estadual do PTN,  será recorrer na justiça o direito ao mandato do vereador e em caso da perca do mandato, pode abrir a vaga para o primeiro suplente que é o policial civil, Clodoaldo.

Outra reclamação do partido contra o vereador Ribeiro, é que ele foi eleito pela Frente Popular e de repente passou a fazer parte da base de sustentação do prefeito, Vagner Sales.

O vereador disse que está tranquilo com relação a sua postura de parlamentar e garante que ninguém vai tomar seu mandato. Segundo  ele,  pediu a desfiliação  do PTN, antes que o partido publicasse essa decisão  e já está no PSD, onde pretende dar continuidade a sua carreira política.

O parlamentar nega que tenha causado problemas para o partido e se diz vítima de perseguição durante o tempo em que esteve no PTN. Sobre a infidelidade  partidária, Ribeiro explicou que não traiu o seu partido. “Eu votei em mim mesmo, porque eu fazia parte da chapa de apoio ao prefeito Vagner Sales é tanto que continuo como segundo secretário da mesa diretora” explicou.

Questionado sobre a postura silenciosa na câmara, em relação ao prefeito Vagner Sales, o vereador disse que sempre que foi preciso votar contra o prefeito ele voltou.

www.tribunadojurua.com – Francisco Rocha

Compartilhe

    Comentários:

    1. EU disse:

      E EXISTE ESSE TAL DE PTN?
      DEVIAM APROVEITAR E EXTIGUIR O PARTIDO, SERIA UM FAVOR.

    2. julinhaczs disse:

      esse picareta é e sempre foi um ……! nunca trabalhou e usa a politica como cabide de emprego. bem feito.

    3. pedro disse:

      Esse veriador é um ….. o pvo de czs tem é q solfre mesmo só escolhe politico …como esse veriador é outro mais com o Proprio prefeito…

    4. povocruzeirense disse:

      Esse Senhor que se diz Vereador, deveria pelo menos saber ser politico, alguém já APERTOU A MÃO deste homem, ele além de parecer que estar com nojo ele não tem coragem de olhar nos olhos da pessoa. São essas atitudes entre outras que gostei que o vereador perdesse seu mandato. Há e a quela historia de fazer greve de fome em Rio Branco, palhaçada heim… vamos pensar melhor nas próximas eleições em quem vamos votar para nos representar, para não passarmos tanta vergonha.

    5. povocruzeirense disse:

      Mas não vou apenas critica-lo e sim os outros veredores, o que que esses homens do povo estão fazendo pelo povo. NADA, NADA E NADA. Sinto repudia por este povo, vamos mudar a cara da nova camara de vereadores.

    6. EVENILSON SOUZA disse:

      Quem disser que é proibido vota em si mesmo

    7. Guadalupe disse:

      É RIBEIRO PERDEU UMA GRANDE OPORTUNIDADE , VOCÊ É IGUAL AO CHICO BASIL, NÃO SOUBE APROVEITAR A CHANCE RECEBIDA, TCHAU BABY !!!

    8. de Envira disse:

      O Brasil tem cada uma… O povo elege um Vereador, mas o cargo é do Partifo. Isso é um atentado contra o exercicio da cidadania. Se o camarada não faz nada é algo que deve ser corrigido numa proxima eleição.

    Deixe seu comentário

    Mensagem

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS