Cruzeiro do Sul - Acre, terça-feira, 25 de setembro de 2018

Publicado em 26 de julho de 2016

Proprietário do balneário “Canhoto” tem casa invadida por bandidos

canhoto 2O caso aconteceu por volta das 8h30 da noite deste no domingo, na residência das vítimas, nas imediações de um famoso balneário de Cruzeiro do Sul (AC), que leva o nome da vítima. Francisco de Almeida Costa, de 72 anos, conhecido por “Canhoto” estava no interior de sua residência com a mulher e dois filhos, uma jovem de 21 anos e um garoto de 10 anos, quando foram abordados por dois indivíduos que chegaram uma moto e de posse de uma faca anunciaram o assalto.

“Tínhamos deixado um conhecido na Rodoviária, e ao retomamos, já dento de casa fui surpreendido por um indivíduo com uma faca no meu pescoço. Ele pediu todo meu dinheiro, “o senhor tem muito dinheiro aí não é, passe para cá”!, disse o bandido. “Com certeza estavam à procura de todo apurado do dia, mas já tínhamos depositado no banco”, explicou a vítima.

canhoto 3Um segundo indivíduo ficou sentado na motocicleta do lado de fora enquanto o comparsa aterroriza a família no interior da residência. A filha do casal teria sofrido uma tentativa de estupro.

De acordo com “Canhoto” o assaltante obrigou a garota a se despir de todas as suas vestimentas.

“Ela ficou completamente nua, foi inclusive apalpada pelo marginal que passou a mão em praticamente todo seu corpo. Em um gesto de desespero milha filha pediu por Deus, ele se compadeceu e não consumou o que pretendia”, contou.

canhoto 1Antes de fugir o criminoso trancou a família dentro do banheiro da residência, por pelo menos 10 horas, onde permaneceram até o dia amanhecer.

A dupla levou cerca de R$200, dois celulares e uma motocicleta Honda Biz 125, da jovem agredida.

“Foi muito aterrorizante o que fizeram com agente. Por várias vezes tentei arrombar a porta, mas me faltavam as forças. Meu filho de apenas dez anos e minha mulher dormiram no chão do banheiro, e só pela manhã com a chegada de um funcionário foi possível abrir a porta e nos libertar”, disse.

Seu Francisco de Almeida Costa, mentem em funcionamento, todos os domingos um tradicional balneário que leva seu nome “Canhoto”, o espaço é bastante procurado pelas famílias cruzeirenses principalmente nos finais de semana. Assustando e com as marcas da agressão no pescoço a vítima conta que teme pela segurança da família.

“A nossa segurança aqui é Deus”, finalizou.

A polícia militar foi até o local, colheu o depoimento  e realizou buscas na tentativa de encontrar os autores recuperar a motocicleta, mas até o fechamento desta edição ninguém foi identificado.

Tribuna do Juruá

Compartilhe

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS