Cruzeiro do Sul - Acre, quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Publicado em 10 de novembro de 2016

Ladrão cai em armadilha no bairro da Lagoa

armadilha-pega-ladraoCansado de ter seu estabelecimento comercial violado pelos bandidos, o proprietário de uma lanchonete no Bairro da Lagoa decidiu surpreender o ladrão durante a noite desta terça-feira (08). Francisco Saraiva Filho, 57 anos, conhecido por Euclésio, montou uma armadilha com o cano de uma espingarda e deixou engatilhada na entrada da lanchonete. No meio da madrugada, um homem que tentou arrombar a porta  foi atingido pela “engenhoca”.

Por sete vezes, em um período de apenas seis meses, o local de trabalho de Euclésio foi visitado pelos bandidos. Os prejuízos  ele já nem soma  mais e também não conta as vezes que procurou a polícia.

lindomar-ventura“Levavam tudo que tinha dentro. Só não levavam o lanche porque não ficava à noite, mas as outras coisas eles limpavam tudo”- disse Euclésio.

Injuriado com a situação, o proprietário da lanchonete decidiu fabricar a arma e, após duas semanas de trabalho, concluiu o projeto e instalou na porta do estabelecimento. A estratégia foi testada quando Bruno Nascimento Silva, 18 anos, tentou entrar no local nesta terça-feira. Ele ainda quebrou dois cadeados, mas na hora que tentou abrir a porta, foi arrebatado pelo disparo.

 “Minha intenção era só assombrar eles. Dar um susto para eles  não irem mais” – alegou Euclésio que acusa Bruno e outro homem de serem os responsáveis pelos furtos.

O suspeito foi atingido na região do quadril e encaminhado ao Pronto Socorro. Euclésio foi conduzido à Delegaia de Polícia Civil e deve ser indiciado por lesão corporal.

“É um fato inusitado, mas estamos conversando com o proprietário que afirmou que teria carregado com munição mais leve para não causar ferimentos graves, mas, enfim, acabou ferindo o cidadão. Estamos apurando o caso agora, possivelmente, ele irá responder apenas por lesão corporal” – avaliou o delegado de Polícia Civil, Lindomar Ventura.

Segundo Ventura, Bruno já respondia por suspeita de outros furtos, mas a polícia ainda não tinha provas concretas contra o mesmo. “Desta vez está mais do que comprovado que ele realmente entrou no estabelecimento. Ele vai responder pelo arrombamento e por tentativa de furto e ainda serve como prova para procedimentos anteriores que agora teremos como concluí-los”- afirmou o delegado.

Tribuna do Juruá

Compartilhe

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS