Cruzeiro do Sul - Acre, sábado, 17 de novembro de 2018

Publicado em 12 de maio de 2014

Justiça concede liberdade provisória para vereador que estava preso

Marcos Lima VerdeO Vereador Marcos Lima Verde (PMDB) deixou o presídio Manoel Nery, em Cruzeiro do Sul, na noite do último sábado 10. Ele estava preso desde dezembro de 2013, quando foi preso acusado de pedofilia, estupro de menores e favorecimento a prostituição.

O Advogado do parlamentar já tinha entrado com outros pedidos de liberação, que foram negadas pela justiça.

O processo corre em segredo de justiça e mesmo em liberdade provisória, Marcos vai continuar respondendo as acusações.

Após ter sido preso, o vereador pediu afastamento de 120 dias. Findado esse afastamento, o suplente de vereador Carlos Alves da Silva (PSD), tomou posse durante uma Sessão Ordinária realizada na Câmara de Vereadores de Cruzeiro do Sul (AC) no dia (22) do mês passado, com base na Lei Orgânica do Município e no Regimento Interno da Câmara.

Caso seja absolvido das acusações, Marcos Lima Verde poderá reassumir sua cadeira no parlamento municipal. A Mesa diretora da Câmara ainda vai ouvir a assessoria jurídica para definir como ficará a situação do peemedebista. Há informações de que ele pode renunciar ao cargo.

Marquinhos terá que cumprir algumas determinações da justiça como não de aproximar das vítimas e testemunhas do processo, recolher-se diariamente a seu lar até 20 horas da noite, comparecer ao judiciário sempre que solicitado e proibido de se ausentar da cidade sem a anuência da justiça.

Tribuna do Juruá – Adelcimar Carvalho

Compartilhe

    Deixe seu comentário

    Mensagem

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS