Cruzeiro do Sul - Acre, quarta-feira, 23 de julho de 2014

Publicado em 26 de setembro de 2013

Formandos da Petrogas fazem exposição

maqueteUm grupo de alunos da rede pública está realizando, no auditório da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, uma exposição sobre o curso de petróleo e gás. Com maquetes, eles estão mostrando para a população a indústria do petróleo, as plataformas, a logística, o refino, gás natural e aspectos do meio ambiente.

“Os cursos de capacitação profissional em petróleo e gás foi desenvolvido para preparar o aluno para esta carente área de profissionais especializados. Durante o curso, que tem carga horária 90 horas, o aluno vai aprender todos os processos da indústria de petróleo e gás, preparando-se assim para atuar neste setor com segurança e excelência”, disse o instrutor do curso José Augusto Rocha.

Apesar de ter apenas 15 anos, a estudante Maria Jocilane Rosa Nascimento já se prepara para o mercado de trabalho. “Sei que o mundo do trabalho é competitivo. Quem estiver mais preparado vai ocupar as vagas”, disse ela. Já o seu colega José Euno, de 17 anos, tem pressa para conseguir o primeiro emprego. “Já imaginou se for na Petrobras?”, almeja o jovem.

projeto petrogasSendo o mercado que mais emprega,vai gerar milhares de vagas de emprego diretos e indiretos, com salários acima de R$ 1.500 para nível médio. O curso surgiu após várias análises sobre a crescente falta de mão-de-obra capacitada no campo petroquímico. A exploração do petróleo e gás vem aumentando de tal forma que a mão-de-obra especializada existente no mercado não consegue suprir a demanda. O governo, por sua vez, investe mais e mais devido às novas descobertas e ao desenvolvimento do setor, com isso, a demanda de mão-de-obra especializada aumenta, abrindo assim novas vagas no mercado de trabalho.

As recentes descobertas do Pré-Sal, que é a exploração de petróleo e gás natural após a camada de sal no mar, bem como as descobertas de bacias sedimentares como a bacia Parnaíba, a bacia Pará-Maranhão, a bacia do Parecis, a bacia do Solimões e a mais recente, a bacia do Juruá, no Acre.

Ao todo são 11 poços exploratórios da Bacia do Acre, na região do Juruá, irão a leilão em novembro. Em agosto, o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) autorizou a realização da 12.ª rodada de licitações de petróleo e de gás natural, com a oferta de 240 blocos exploratórios.

Tribuna do Juruá – Jorge Natal

Compartilhe

    Comentários:

    1. marcus disse:

      Que ingenuidade desses rapazes, se realmente acontecer exploração de petroléo aqui no Acre, coisa que duvido muito, a grande maioria da mão de obra deve vir de outros estados….kkkkkkk.

    2. Joaquim disse:

      Primeiramente Marcus,só te corrigindo,a exploração do petróleo já começou a tempos. Segundo, até concordo um pouco com vc em relação q alguns virão de fora sim,mas tbm teremos pessoas d nossa cidade claro,se não, pra que motivos teria esse curso então?! Outra coisa esses jovens ainda estão se preparando,e tenho certeza que se eles irão “arrancar”,tirar muitas vagas de pessoas q virão de outros estados!
      Valewww!!!

    Deixe seu comentário

    Mensagem (Obrigatório)

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS