Cruzeiro do Sul - Acre, quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Publicado em 30 de março de 2015

Em escola estadual ainda faltam professores

escola Coronel ContreirasAs aulas foram suspensas, nesta sexta-feira (27), na Escola de Ensino Fundamental Coronel Contreiras, localizada no Conjunto Cumaru. Os próprios pais dos alunos foram responsáveis por uma manifestação realizada em frente à unidade de ensino em protesto contra a falta de professores que está prejudicando o andamento do ano letivo. As péssimas condições do prédio também fazem parte das reivindicações apresentadas à Secretaria de Estado de Educação.

Por decisão da comunidade, os estudantes não entraram em sala de aula. Eles se uniram aos pais e com cartazes em mãos, apontavam os problemas que dificultam o andamento das atividades na escola. A falta de três professores e de um cuidador para dá assistência aos portadores de necessidades especiais foi o que motivou a manifestação.

“Minha filha está em casa desde que a aula teve início porque não tem alguém para auxiliar ela na hora que ela precisa. Fico triste porque ela tem a maior vontade de estudar e ficar em casa com o lápis e o caderno na mão pedindo para vir para a sala de aula” – disse dona Maria José Lima do Nascimento, mãe de uma aluna com necessidades especiais.

O coordenador de ensino e a secretária da escola estavam substituindo os professores. Mas, por decisão do Conselho Escolar, decidiram não continuar lecionando. “Estávamos deixando de fazer o nosso trabalho para dá aulas e, por isso, o Conselho decidiu que tínhamos que parar” – disse o coordenador Auricélio Benvindo.

Além da contratação imediata dos professores, os pais solicitam que seja feita uma reforma para resolver alguns problemas da estrutura física da escola.

“As paredes estão caindo, tem apenas um banheiro funcionando para todos os alunos fazerem suas necessidades e a falta de um muro coloca em risco os nossos filhos, pois, por várias vezes, os marginais já entraram na escola” – afirmou dona Maria Auxiliadora Araújo dos Santos.

O coordenador da Secretaria de Educação, Charles André Cavalcante, esclareceu que ainda faltam 20 professores para completar o quadro das escolas estaduais em Cruzeiro do Sul. Segundo ele, a secretaria já fez a convocação dos profissionais e aguarda a contratação por parte da Secretaria de Gestão Administrativa do Estado, para providenciar a lotação dos professores. Sobre os problemas na estrutura da Escola Coronel Contreiras, André garantiu que será feito um levantamento para que sejam solucionados

Compartilhe

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS