Cruzeiro do Sul - Acre, quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Publicado em 6 de outubro de 2014

Eclipse lunar poderá ser visto de Cruzeiro do Sul

Em 15 de abril deste ano aconteceu um eclipse lunar total, o primeiro de quatro eclipses lunares totais em sequência possível de serem observados em nosso planeta, uma “Lua de Sangue”.  Na madrugada do próximo dia 8 de outubro acontecerá o segundo eclipse lunar total dessa sequência de quatro.  Porém, a observação de um fenômeno astronômico, a sua duração e a maneira como este é observado depende da posição do observador na Terra, por isso, nem todos poderão observar a totalidade do eclipse lunar, que ocorre quando a Lua fica totalmente encoberta pela sombra que o nosso planeta projeta no espaço.

Infelizmente, no Brasil a totalidade do eclipse lunar de 8 de outubro não poderá ser observada na maioria do seu território, exceto em uma pequena faixa do extremo oeste do Acre e num breve intervalo de tempo. O eclipse penumbral  e parte  do eclipse lunar parcial  que ocorre antes da totalidade poderão ser observados somente nas regiões mais a oeste do nosso país quando a Lua estiver quase se pondo. No nordeste e sudeste o eclipse lunar  parcial não será observado e nem em alguns estados do norte e centro-oeste como Amapá, Tocantins e Goiás.

No eclipse penumbral a Lua apenas diminui o seu brilho e o fenômeno é praticamente imperceptível ao observador.   Há quem despreze o eclipse penumbral e  forneça o horário do início do eclipse lunar total a partir do  eclipse parcial.  Para os leigos isso até pode ser feito, mas  um  eclipse penumbral é um eclipse da Lua – e ocorre quando o nosso satélite natural entra na faixa menos escura da sombra da Terra, a penumbra –  e para fins acadêmicos considera-se  o início do eclipse lunar total a partir do começo do eclipse penumbral.  A  não inclusão  do  horário do eclipse penumbral  muitas vezes é o responsável por horários discrepantes fornecidos pela mídia e que não são explicados apenas pelas diferenças de fuso horário.  Particularmente, acredito que esse horário deva ser citado e a opção de  observar, ou não, a Lua durante o eclipse penumbral é de ordem pessoal.

Nas cidades localizadas no fuso horário UT – 3, que seguem o horário de Brasília, o eclipse lunar parcial não será observado.  Nos locais que seguem o fuso horário UT – 4, como Cuiabá,  Manaus, Boa Vista e Porto Velho, o eclipse penumbral da Lua começará às 04h16min e o  eclipse lunar parcial começará às 05h15min, horário local. Nesse horário a Lua já estará quase se pondo e o eclipse lunar parcial só poderá ser observado num breve intervalo.  Mas, nem todas as cidades que seguem esse fuso horário conseguirão observar esse eclipse lunar parcial. Quanto mais a oeste do Brasil estiver localizado o observador, melhor o fenômeno será observado.

Em Cuiabá quando o eclipse parcial da Lua começar  a Lua estará muito baixa e apenas os que estiverem em lugares altos e/ou com uma boa visibilidade do solo conseguirão observar o fenômeno.  Quem conseguir visualizar o começo do eclipse parcial da Lua em Cuiabá poderá se considerar um privilegiado. Nesse dia a Lua irá se por às 05h21m e o Sol deverá nascer às 05h22min em nossa capital. Cidades mato-grossenses a leste de Cuiabá, como Matupá,  não conseguirão observar a Lua “mordida”. Para cidades próximas à faixa de longitude de Cuiabá, como Lucas do Rio Verde, o começo do eclipse lunar parcial poderá ser observado, mas também, com muita dificuldade.  Para as cidades de Mato Grosso localizadas  a oeste de Cuiabá, como Cáceres, Tangará da Serra, Pontes e Lacerda,  Juína e Aripuanã  (principalmente  em Aripuanã), a Lua estará mais alta no céu às 05h15min e será mais fácil visualizar o começo  do eclipse lunar parcial.

 Esse eclipse  não poderá ser visto nas principais cidades do Pará, incluindo Belém, mas, o começo do eclipse parcial da Lua poderá ser observado em Jacareacanga, que fica a oeste do Pará. Em algumas cidades a oeste de Mato Grosso do Sul, como Corumbá,  o começo do eclipse parcial poderá ser observado, o que não será possível na capital, Campo Grande.

Nos estados de Rondonia, Roraima e Amazonas o começo do eclipse lunar parcial poderá ser observado. Esses estados seguem o fuso horário UT – 4, e o eclipse penumbral e o eclipse parcial da Lua começarão às 04h16min e 05h15min,  respectivamente. Será mais fácil a observação do fenômeno em Porto Velho que está localizado mais a oeste de Boa Vista e Manaus.

Para os que estão na faixa do fuso horário UT – 5, como Rio Branco, o eclipse penumbral   começará às 03h16min e o eclipse lunar parcial começará às 04h15min, horário local. Os habitantes da faixa mais a oeste do Brasil, e que inclui algumas cidades do Amazonas, poderão observar quase todo o eclipse lunar parcial. Para quem estiver no extremo oeste do Acre, como Cruzeiro do Sul, o eclipse lunar total começará às 05h25min e só poderá ser observado num breve intervalo de tempo já que a Lua deverá se por às 05h33min nesse local e, às 05h32min, o Sol deverá nascer. Embora o eclipse total da Lua possa ser também visível numa faixa mínima do extremo oeste do Amazonas, não há nenhuma cidade nessa faixa que, aparentemente, não é habitada.

Telma Cenira Couto da Silva –  Doutora em Astronomia

Compartilhe

    Deixe seu comentário

    Mensagem

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS