Cruzeiro do Sul - Acre, sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Publicado em 6 de agosto de 2011

Cresce o número de menores envolvidos com crimes em Cruzeiro do Sul

Nas últimas semanas tem crescido o número de jovens envolvidos em ocorrências policiais. A média é de oito ocorrências diárias.

Só na quarta-feira (5), seis adolescentes foram apreendidos e conduzidos à delegacia. Três deles faziam parte de um grupo com dez integrantes, que ameaçou e tentou tomar a arma de um policial civil em uma praia do Rio Môa.

O policial conseguiu se livrar do grupo e chamou reforço, dois jovens de 17 anos e um de 15 anos, moradores no Bairro Cruzeirão foram apreendidos. Na delegacia eles confessaram que pretendiam pegar uma bolsa do policial onde estava a arma.

Em outra ocorrência, um menor de 14 anos foi encontrado armado com um terçado em via pública. Ao ser detido, disse aos policiais que estava esperando um desafeto para acerto de contas.

Na mesma noite, Madson de Silva Souza, 21 anos, portava um punhal e ameaçava pessoas também em via pública, acompanhado de dois menores de 15 anos. Os três estavam com sintomas de embriaguez, segundo a polícia.

Para o delegado Roberto Lucena é necessária uma maior atenção das famílias com os menores de idade que estão entrando cada vez mais cedo no mundo do crime.

www.tribunadojurua.com – Informações de Adelcimar Carvalho

Compartilhe

    Comentários:

    1. viu seu promotor tem que deixar de perseguir esses policias que prende esse tipo de vagabundo tem que deixar a policia desce peia nesses safado que so pensa em fazer mal as pessoas nas vias publica. hoje a policia mete a peia quando e no outro dia o promotor esta na cacunda do policial a traz de processar. eu acho que a policial nao vai ta descendo pau no homem de bem nao ela so bate em quem nao presta o bandido nao tem que ser protegido por ninguém conto mais pelo senhor promotor.desse o pau seu policial.

    2. linei disse:

      Realmente as familias precisam se preocupar para onde são enviados esses adolescentes. Sabemos que são sobmetidos a educação socioeducativas e vcs autoridades tenho certeza que vcs tem conhecimento que a casa de medida socioeducativa de Cruzeiro do Sul não disponibiliza de tecnicos competentes para socializa ou seja preparar esses adolescente para uma vida melhor. Quando precisa que seja feito relatorios para conhecimento do Juizado, vem de Rio Branco Tecnico para fazer tal documento sem contar que com diarias altas, e o acompanhamento como fica? Para responsabilizarmos a familia que vive em sofrimento com a situação é preciso que as autoridades competentes tambem faça a sua parte.

    3. Sayid disse:

      Isso acontece porque o ECA só protege esses projetos de bandidos. E cada vez mais dificíl a policia trabalha com esses promotores querendo toda hora processa os policias hoje infelizmente a palavra de bandido tem mais valor do que a palavra de um policial que passar a noite toda acordado trabalhando. Digo isso por experiencia propria.

    4. laila disse:

      eu acho que a culpa disso tudo é a convivencia com pessoas malignas.o mundo tá perdido.é jovens perdendo a sua vida por causa de brigas ,drogas , amigos ruins. mais eu tbm nao apoio muito os policiais pq eles se acham d mais por causa do seu cargo. eles devem msm é pelo menos respeitar a comunidade.pq uma hora eles estaum por cima .e outra hora eles podem muito bem estar por baixo. bjuuuus

    5. maria disse:

      TEM que acabar esta tal de LEI de direitos humanos sevem para que mesmo proteger mandido é ,lembro antes não tinha tanat violencia como hoje os policiais podiam bater ,e agora não pode ver se uma pessoa do bem faz isso ,só os vândados porquer saben que tem proteção são presos hoje e amamhã estão soltos para praticarem outros crimes ,e ai o nosso pais esta entregue as desgraças todos todos todos estão correndo o rismo ,mas sempre quem pega são os mais hulmides ,que so caso era para ser atingido quem voltou na LEI de proteção a bandido ,o lugar de bandido é debaixo da terra e bem debaixo.

    6. Na verdade descordo de que a família tem culpa da escolha dos adolescentes e descordo também que se deve dar peia ou matar pois violência gera violência e não é justo com as nossas famílias de Cruzeiro do Sul, pois já são sofredoras. No meu ponto de vista necessita que os governantes empenhe mais recursos em relação aos jovens juntamente as famílias carentes. Não com uma renda mísera(pescar o peixe pequeno para a família e sim encinar a pescar),isto é dando mais oportunidades de emprego,sem preconceito e acima de tudo com respeito ao cidadão. Todos devem se conscientizar que a criança é ou deveria ser o futuro do nosso Brasil,mas pra isso acontecer é necessário cada um fazer sua parte e não jogar para os menos favorecidos não adianta nada procurar culpado, devemos procurar resolver.Se todos pensar que bater ou matar é correto o nosso País vai continuar sem sucesso algum.Autoridades em geral pensem nisso usem todos os estudos de vocês e a inteligência que todos tem para melhorar o nosso País e em especial o nosso Cruzeiro do Sul pois é muito triste ver nossas crianças nas ruas jogadas nas drogas sem um propósito de vida e seus sonhos jogados na sarjeta.Uma coisa mim deixa muito triste, em observar que muitas vezes maginais de alta periculosidade tem mais direito do que muitas pessoas de bem. Por favor vamos rever os direitos e deveres da sociedade e sem esquecer o ECA que muitas vezes só fica no papel. Não sei se estou certa mas essa é minha opinião de cidadã, obrigada pela oportunidade de mim expressar.bjks , Peço a Deus que iluminem sempre as atitudes de nossos governantes em geral.

    7. Cruzeirense disse:

      Tenho uma péssima notícia para os esperançosos de plantão que buscam um mundo melhor. A tendência é piorar cada vez mais e mais. Até em casas cheias de grades, alarmes e câmeras os bandidos entram. Então o que fazer? Só Deus para ter misericórdia…

    8. DE ACORDO disse:

      CONCORDO COM VOCê. A culpa não esta na Lei que protege os adolescente e sim em quem usa a lei para cometer crimes envolvendo menores. Pode ter certeza, por trás desses menores tem barbudos no pedaço

    Deixe seu comentário

    Mensagem

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS