Cruzeiro do Sul - Acre, quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Publicado em 27 de outubro de 2016

Começa campanha de antirábica 2016 na Zona Urbana

vacinação cachorrosA Secretaria Municipal de Saúde, através do Centro de Controle de Zoonoses promoveu uma grande campanha de vacinação antirrábica para cães e gatos. A ação que é realizada nos domicílios tem a meta de vacinar, este ano, mais de 17 mil animais, sendo 4.661 animais da zona rural.

Quatro equipes de vacinadores compostas por duas pessoas e supervisão de um veterinário do Centro de Zoonose estão passando em todos os domicílios. Os vacinadores receberam um treinamento feito por um veterinário responsável pelo Centro, para execução da campanha. A vacina é grátis e visa proteger a população das doenças transmitidas por animais. A campanha teve inicio pelas comunidades da área rural.

vacinação gatoNa etapa rural foram vacinados 4.661 animais. A campanha na zona urbana vai até o final de novembro. Segundo o Coordenador do Centro de Zoonoses, Arison Rosas a vacina não tem contraindicações. “É muito importante a participação da população neste trabalho que estamos realizando. A vacina não tem contraindicações e é a única forma de evitar que animais domésticos contraiam a raiva e transmitam a doença para humanos”. A raiva é considerada uma das mais graves zoonoses transmissível e com alto índice de mortalidade.

Outro assunto abordado pelo coordenador é quanto a animais que, eventualmente não tenham sido vacinados na zona rural. “Queremos deixar aqui um alerta tanto para proprietários de animais da zona rural de também da zona urbana. “Às vezes acontece da gente chegar no local e a residência estar fechada. A equipe vai em frente e, nem sempre, tem tempo de voltar naquele mesmo local. Mas ainda assim no Centro de Zoonoses existe um funcionário de plantão para atender esses casos. “O animal só fica sem vacina se o do quiser”, destacou Rosas.

De acordo com a Coordenação da campanha de vacinação antirrábica a adesão da população à campanha é importante para que a doença permaneça sob controle. Donos ou responsáveis devem permitir e ou até mesmo levar seus animais para serem vacinados.A raiva é uma doença ataca o sistema nervoso. O vírus é transmitido por meio de mordidas, arranhaduras profundas ou quando o animal lambe a pele lesionada de outro animal ou pessoa. Após o início dos sintomas, o animal infectado normalmente adoece e morre de quatro a sete dias.

A maioria dos casos de transmissões ocorre através de cachorros e gatos para o homem. Não mate o animal, procure o Centro de Controle de Zoonoses para informações e orientações.

Compartilhe

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS