Cruzeiro do Sul - Acre, quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Publicado em 19 de fevereiro de 2014

Assaltantes roubam arma de Policial Civil Aposentado de 80 anos de idade

jose paulo de freitasNo início da noite desta terça-feira (18), por volta das 19:30,dois homens encapuzados e com capacete na cabeça invadiram a casa do policial civil aposentado José Paulo de Freitas, 80, conhecido como Dedé. Foram momentos de medo e apreensão vividos pelo policial aposentado e pela sua esposa a senhora Francisca Castro da Silva de 54 anos.

Armados com faca os homens renderam o aposentado e a esposa em busca de um revolver calibre 38’. Além dos dois idosos também estavam na sala da casa no momento da abordagem a filha da mulher, que é cadeirante e uma criança de 5 anos de idade.

arma revolver calibre 38“A porta estava fechada quando eles já chegaram abrindo, eu pensei até que era brincadeira, mas eles vieram decididos a pegar a arma. Eles sabiam que ela estava dentro do guarda roupa. Quando iam saindo ainda tiraram meu cordão e um anel de ouro que eu tinha, foi muito difícil”, contou José Paulo, o policial aposentado.

A esposa do policial aposentado contou que os assaltantes estavam muito nervosos no momento da abordagem.

francisca mulher aposentado“Ele pedia a chave e eu dizia que não sabia onde estava, foi quando mandei ele olhar na gaveta, e ele estava todo se tremendo, quando saíram ainda perguntaram se a gente não tinha conhecido nenhum deles”, falou a esposa do aposentado, a assenhora Francisca Castro da Silva.

O caso foi registrado na delegacia geral, onde será iniciada uma investigação.

“A policia civil tomou conhecimento do caso através do boletim informativo da policia militar. A partir de agora as investigações estão sendo iniciadas, o inquérito já foi instaurado, e estamos dando andamento aos tramites legais para se chegar aos autores”, explicou o delegado.

casa assaltadaNos últimos meses o número de roubos e furtos tem crescido significativamente em Cruzeiro do Sul. Quase todos os dias são registrados esses tipos de ocorrência envolvendo furtos e roubos de celulares.

Tribuna do Juruá – Vanísia Nery

Compartilhe

    Comentários:

    1. José Silva disse:

      Eis aí mais uma prova da falência da segurança pública do Acre. O crime aumenta consideravelmente todos os dias e a polícia não investiga por falta de estrutura e pessoal. Infelizmente esse vai ser o cenário daqui para frente. E não se iluda, esse crime, assim como centenas de outros, nunca vai ser desvendado.

    Deixe seu comentário

    Mensagem

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS