Cruzeiro do Sul - Acre, segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Publicado em 13 de agosto de 2013

Antonia Sales denuncia que a instituição está com aluguel de prédio atrasado há dois meses em Cruzeiro do Sul

antonia salesA crise continua afetando à Defensoria Pública do Acre no interior do Estado. A deputada estadual Antonia Sales (PMDB) voltou a falar sobre o caos que se instalou na instituição em Cruzeiro do Sul. Até mesmo o aluguel do prédio estaria atrasado há dois meses, no município, denuncia a parlamentar peemedebista.

Segundo Antonia Sales o atendimento na Defensoria Pública é deficitário e estaria prejudicando centenas de pessoas que não dispõem de recursos para pagar um advogado.  Outra dificuldade seria a falta de servidores e defensores públicos que prejudica, inclusive, o atendimento no sistema penitenciário.

Revoltada, a parlamentar diz que a instituição foi abandonada pelo Governo do Acre, que teria articulado para não aumentar o repasse de recursos do orçamento à Defensoria Pública do Acre. “O governo aprova projetos para custear a defesa de secretários acusados de corrupção, enquanto o povo está abandonado no interior”, diz Antonia Sales.

A peemedebista informou ainda, que a população do município estaria se organizando para cobrar providências dos deputados estaduais da base de governo na Aleac, que não teriam se esforçado para solucionar as deficiências e a falta de recursos para estruturação da Defensoria Pública nas cidades do interior do Acre.

“Os deputados estaduais precisam assumir parte da responsabilidade na situação precária da Defensoria Pública. Até mesmo o parlamentar governista que apresentou a emenda à LDO que aumentaria o repasse a instituição recuou e votou contra sua própria iniciativa. O descontentamento popular será demonstrado nas ruas”, afirma Antonia Sales.

Antonia Sales finaliza informando que os defensores públicos que trabalham em Cruzeiro do Sul não disponibilizam nem de veículos para se deslocar ao presídio local. “É uma situação vexatória a que estamos enfrentando em Cruzeiro do Sul. Não temos defensores suficientes e os que têm não disponibilizam de veículos. Quem realmente está sendo prejudicado é o povo. Os gestores estaduais têm mordomias e direito até a contratação de técnicos especializados para defender seus atos de corrupção. Estamos vivendo num estado de exceção”, finaliza.

Ray Melo, da redação de ac24horas

Compartilhe

    Comentários:

    1. meiry disse:

      o predio é seu é ?????????????? ta muito preocupada

    2. Essa e a realide no acre para defender politico nunca falta dinheiro,mas o povao e sempre sofrendo,meu DEUS ate quando!!1ate quando 1 disse:

      Essa e a realidade do Acre, para defender corrupçao nao falta dinheiro ,mas para defender o povo,TEM HORA QUEM EU NAO MIM ORGULHO DE SER BRASILEIRA.E TANTA CORRUPÇAO,ROUBALHEIRA,ESCANDALOS E O POVAO E QUE PAGA A CONTA

    Deixe seu comentário

    Mensagem

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS