Cruzeiro do Sul - Acre, quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Publicado em 3 de outubro de 2013

Alunos de destaque da Escola São José recebem medalhas de honra

A ação visa motivar os estudantes no desempenho escolar

alunos premiadosAtravés de uma ação do Plano de Desenvolvimento da Escola (PDE) 432 alunos da Escola São José foram homenageados na manhã desta quinta-feira(03) através de entrega de medalhas por se destacarem com boas notas durante o bimestre escolar. O objetivo do projeto é fazer os alunos alcançarem a meta no padrão de qualidade, com a nota mínima 07, exigida em todas as disciplinas. Os que alcançam a meta são homenageados e recebem uma medalha de honra, motivando dessa forma o desempenho escolar.

escola são joseAo som da banda do 61º os professores e coordenadores entregaram a premiação aos alunos. Beatriz Armad foi uma das estudantes agraciadas por ter se destacado com excelentes notas.

aluna“Essa ação estimula ainda outras crianças aqui da nossa escola para se esforçarem mais nos seus estudos. Depois de um semestre de muito esforço e muito estudo, me sinto muito feliz em agora receber essa medalha”, relatou a estudante.

A atividade é realizada bimestralmente, segundo  a gestora da escola, Sernízia Correia, o número de alunos premiados neste mês elevou em relação ao bimestre anterior.

sernizia“No final o resultado não é apenas quantitativo, mas qualitativo, pois vários critérios, além da nota padrão são observados durante o bimestre. Nós notamos um aumento de alunos e a empolgação deles é grande”, destacou a gestora ao falar a importância da atividade.

Tribuna do Juruá – Vanísia Nery

Compartilhe

    Comentários:

    1. lucimar disse:

      No meu entendimento esta é a velha forma de dar estrelinhas; que existia na escola antiga, mas esta visão já esta ultrapassada, ao invés de incentivar essas estrelinhas ou medalhas que só aumentam a distancia entre pobres e privilegiados, a escola deveria ser um centro onde os alunos poderiam entender como transformar suas vidas. A escola não pode ser um centro de reprodução da sociedade em que vivemos onde existem muito para poucos e pouco para muitos. As escolas devem tomar para sim a responsabilidade e a ousadia de se tornarem um palco para todos os alunos e não para um punhado de escolhidos e privilegiados, a escola é um meio dos pobres enxergarem um futuro melhor, essas medalhas só aumentam e distanciam os outros alunos que por motivos sociais não rendem o esperado para a escola capitalista de reprodução social a escola esta premiando quem entra no padrão aceitável. Merecemos em CZS uma escola que tenha ousadia de enfrentar os problemas dos outros alunos que não alcançam as boas notas. As medalhas e estrelinhas não vão se tornar um estimulo, e sim, um simbolo da manutenção da classe privilegiada que a escola atende, esta situação estou vendo em várias escolas. Premiar quem entra no padrão aceitável, as vezes me venho a pensar e os outros que não tiram boas notas? o que serão deles? qual o projeto para atende-los ai só resta o bolsa família mesmo. A escola deveria ser o maior projeto de assistência as famílias.

    2. tatiana disse:

      parabéns ao colégio são jose pela brilhante ideia de incetivo para esses alunos que cada vez querem estudar mais para ganhar uma medalha de excelente aluno ,parabéns a todos.sucessosssssssssssssssssssssssssss

    3. lucimar disse:

      Nossa! ta ruim mesmo essa visão esta totalmente equivocada. Escola não é uma Olimpíada é um espaço para transformação, é papel da escola criar projetos e métodos didáticos para desenvolver os que não são privilegiados pela sociedade expor a todos uma visão geral do mundo em que vivemos as dificuldades e de como a educação é primordial para vencer as barreiras da desigualdade social que foi imposta muitas vezes aos nossos pais. Com estas medalhas estimula-se apenas os vencedores (ricos) e os perdedores (pobres). Como deve ser a cara de quem entrega essas medalhas e volta pra sala de aula e olha nos olhos dos que não ganharam medalhas? é lamentável!!!, acho que esses professores dizem: ” estão vendo se esforcem da próxima vez que vocês ganharam medalhas”!!! isso não é ensinar isso é estimular a desigualdade e tornar medíocre o ser professor, professor é mais!! professor é transformador!!! professor é sair na rua e ver a construção da sociedade que eu quero uma sociedade sem disputas sujas!!!! O que vemos hoje é o vale tudo pelo ouro!!!!

    4. Frederico disse:

      Haa eu tambem ja vi isso no D.H.R la tem mural eu nunca fui pro mural por que estudo a noite e trabalho de dia e tenho pouco tempo pra estudar, acho que eles nunca quiseram saber o por que não alcanço boas notas. E realmente são poucos os que estão no mural.

    5. Elizabethe Miranda disse:

      Realmente é tornar medíocre o ato de ensinar, como deve ser o professor que encara o RESTO DA TURMA e diz da próxima vez vocês conseguem a medalha de honra, tudo errado!!!! deveria ser: estudem, se esforcem para viverem bem e melhorar de vida, sair da subserviência, aqui é o local onde vocês irão se desenvolver para entender como esta montada a sociedade em que vivemos isso aqui não é Olimpíada e sim um centro de apoio ao oprimido e esquecido! Não queremos uma escola onde se mantem uma visão de ganhador e perdedor e sim de trabalhadores, precisamos de uma sociedade cristã, com mais oportunidade para todos e não privilégios para poucos.

    6. leo disse:

      ensinar não é impor uma disputa e sim desenvolver a pratica e o bom habito de estudar não para medalhas mas para estar preparados para as dificuldades da vida.

    7. leo disse:

      Concordo e tenho a mesma ideia de que o professor não deve ter uma postura medíocre de ensinar e incentivar o aluno estudar para uma medalha, devemos ensinar o aluno para termos uma sociedade melhor com tralhadores mais humanizados que lutem por uma sociedade sem disputa e como prega o nosso papa Francisco uma sociedade menos materialista e com mais amor entre as pessoas.

    8. leo disse:

      Respondi a sua pergunta Senhora Tatiana?

    9. Carla Simone disse:

      Realmente é a volta das estrelinhas na testa. isto acontecia na escola tradicional onde o professor era o centro do processo, a falta de programas que atendam a população desprestigiada é explicito na maioria das escola inclusive na DHR onde existe o mural, estes projetos de incentivos possuem em seu interior a falsa ideia de que todos os alunos são vencedores, mas na realidade é uma maquiagem, pois a escola tem que buscar salvar os que não estão na média e não premiar os poucos escolhidos, o que esta escola vai fazer para os outros???? refrescagem ou a famosa ré da ré na nota final!!!!

    10. Aguch disse:

      Obrigado Lueds, sempre a apnerder contigo. Contudo o que ressalva das notedcias e do YouTube e9 o facto de associarem este hino ao nazismo. Tanta e9 a vontade de glorificar herf3izinhos modernos e0 custa de demf3nios passados.

    11. Danielly Sabrina Silva disse:

      Depende da forma com que o professora irá avaliar, por exemplo os alunos com laudo e com muita dificuldade de aprendizagem nunca irão atingir média 7. No entanto as vezes o 5 que ele tirá mediante o seu esforço será equivalente a 100. Então avaliando seu esforço e desempenho ele merece sim a medalhe. É questão de justiça e bom senso. Pois se ele nunca ganhar a medalhe, considerando que ele se esforçou muito, será um adulto fracassado. É muito importante o professor saber avaliar e ressaltar os valores individuais de cada aluno. Afinal cada um é cada um, e todos possuem qualidades.

    Deixe seu comentário

    Mensagem

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS