Cruzeiro do Sul - Acre, quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Publicado em 13 de dezembro de 2012

Alto índice de malária preocupa comunidade

A chegada  das chuvas está aumentando a proliferação do mosquito no local de modo assustador

Os moradores do Conjunto Habitacional Vale dos Buritis, no município de Cruzeiro do Sul estão determinados a fechar a rodovia AC 405 nos próximos dias, caso medidas enérgicas não sejam tomadas pelo Governo do Estado no controle da malária na região.

O conjunto habitacional foi entregue pelo governador Tião Viana (PT), no dia 16 de julho do ano passado. Desde a data, os moradores enfrentam sérios problemas estruturais. Mas, um deles agora tira o sono dos moradores. Quase 100% deles moradores já tiveram ou estão acometidos pela malária.

“A situação aqui está muito difícil. São homens, mulheres e até as crianças vulneráveis a doença. Para tentar impedir a proliferação do mosquito estamos nos mobilizando, limpando áreas, córregos e outros locais. Mas, sabemos que isso inda é pouco para resolver de modo definitivo”, disse o morador Francisco da Mota.

A comunidade alega que o trabalho dos agentes de endemias com ações intradomiciliares não é suficiente, nem tão pouco a utilização de mosqueteiros impregnados, uma vez que o mosquito hematófago “an darlingi”, predominante no vale do Juruá, não é encontrado nos dormitórios, pois seu pico de ataque tem horários intercalados das 17hs às 22hs.

Uma solução apontada pelos moradores foi a borrifação espacial (o chamado fumacê). Mas, o pedido de acordo com a comunidade já foi negado por diversas vezes pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado de Saúde em Cruzeiro do Sul.

Segundo a chefia do setor de endemias, muitas pessoas se negam a receber as ações de combate intradomiciliar, que é um forte combatente no processo de prevenção. Quanto à borrifação, esta foi apontada como alternativa inviável durante este período invernoso, porque não se conseguiria fechar o ciclo de combate.

Por isso, a previsão é que sejam continuados apenas os devidos procedimentos rotineiros, aliados a conscientização da população. Desde junho, estão sendo intensificadas as ações de controle e combate à malária.

Tribuna do Juruá – Dayana Maia

Compartilhe

    Deixe seu comentário

    Mensagem

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS