Cruzeiro do Sul - Acre, terça-feira, 25 de setembro de 2018

Publicado em 1 de junho de 2012

Academia Náuas conquista medalhas para o Juruá

Depois de conquistar vitórias no Campeonato Brasileiro de Jiu Jitsu, os atletas da Academia Náuas, de Cruzeiro do Sul, agora irão representar a região na competição mundial, marcado para este mês, em São Paulo.

Em Cruzeiro do Sul, a arte marcial está difundida há 14 anos. Hoje sob a supervisão do faixa preta, Eduardo Martins, a academia Náuas conta com mais de 50 atletas adultos e dezenas de crianças praticantes do esporte.

O trabalho desenvolvido na cidade ao longo dos anos já se reflete em grandes premiações e reconhecimento de notáveis competidores cruzeirenses. Recentemente quatro atletas foram premiados durante a 5ª Edição do Campeonato Brasileiro.

Jardel Pereira conquistou a Medalha de Ouro na categoria Médio, de Faixa Branca Adulto. Já, Felício Muniz conquistou a Medalha de Prata, sendo vice-campeão na Categoria Meio Pesado, de Faixa Roxa.

Quem também trouxe para casa premiação foi, Claudeir Souza. Ele também conquistou Medalha de Prata, esta na categoria Pluma, Faixa Branca. E o jovem Dionísio Brasil, de 18 anos também ganhou destaque no campeonato brasileiro e conquistou a Medalha de Bronze na Categoria Médio de Faixa Azul.

Depois das vitórias conseguidas no nacional mais um obstáculo está à vista. A competição serviu como seletiva para o mundial da modalidade que acontecerá de 19 a 22 de Julho deste ano, em São Paulo. Para a competição, treinos intensos, garra e força de vontade não falta para estes jovens que já tem grandes expectativas de vitórias.

Tantas medalhas já conquistadas refletem para muitos atletas iniciantes e a sociedade de modo geral, a importância das artes marciais enquanto meio de transformação social. Mas, que infelizmente ainda não é reconhecida plenamente. Mesmo sendo o esporte uma ponte fundamental no processo de mudança moral, ainda é pouco valorizada e ainda muito dependente de patrocinadores.

 Uma arte suave e milenar

O jiu-jitsu é considerado a base de vários combates esportivos modernos e outras artes marciais, entre elas o caratê e o judô. Sua origem é japonês e não há utilização de armas em sua prática.

Basicamente usa-se a força (própria e, quando possível, do próprio adversário) em alavancas, o que possibilita que um lutador, mesmo sendo menor que o oponente, consiga vencer.

No chão, com as técnicas de estrangulamento e pressão sobre articulações, é possível submeter o adversário fazendo-o desistir da luta.

Tribuna do Juruá – Dayana Maia

Compartilhe

    Comentários:

    1. IVONE SOUZA LIMA disse:

      PARABÉNS GAROTOS

    2. mary disse:

      PARABENS PARA OS RAPAZES, SE DEUS QUISER VAO CONSEGUIR VENCER O MUN….

    3. Felício disse:

      Pessoal, precisamos de patrocinio, galera. acreditem. qualquer ajuda sera bem vinda.

    4. johhnie disse:

      Meu irmao felicio é show!!!!

    5. Juliano Appel disse:

      Parabéns rapazeada!!!

    6. levi disse:

      parabens!!! para os esses !!! isso mostra que com força de vontade e muita garra se vai longe!!!!
      sei que muito dificil se ter patrocinio aki em nossa cidade!!!
      mais tosso por vocês !!
      muita garra e treino

    7. MNS disse:

      parabens garotos voces são exeplos para nossa juventude força.

    8. EDUARDO ROSA disse:

      Parabens aos colegas de treino. Alcançaram a vitória com muita garra e suor.
      Ass: Chará.

    9. lucas oliveira disse:

      orgulho ser dessa academia

    Deixe seu comentário

    Mensagem

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS