Cruzeiro do Sul - Acre, quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Publicado em 21 de julho de 2011

Mais de 58 mil acreanos recebem R$ 7,6 milhões do Bolsa Família

Para garantir renda aos acreanos em situação de vulnerabilidade social, o Bolsa Família disponibilizará R$ 7,6 milhões para os 58.600 beneficiados que moram no Estado. Os titulares já podem sacar o dinheiro até dia 29 de julho, nos postos de atendimento da Caixa Econômica Federal. Os valores variam de R$ 32,00 e R$ 242,00 e ficam disponíveis até 90 dias após a data de recebimento prevista no calendário anual (caso eles não saquem nestes 3 meses, a quantia será devolvida ao Ministério do Desenvolvimento Social / MDS).

No Brasil inteiro, o programa totaliza mais de R$ 1,4 bilhão para o atendimento de 12,9 milhões de famílias. Mais da metade deste público se encontra na região nordestina.

De acordo com um estudo do Ipea, a cada R$ 1,00 investido pela União no Bolsa Família, é aplicado R$ 1,44 ao PIB nacional (ou seja, o programa injeta R$ 2,016 bilhões no PIB, seguindo este cálculo). Isso porque quase 100$ do dinheiro é aplicado no consumo, em especial, em lugares afastados dos grandes centros urbanos.

Para ter direito ao recurso, o beneficiário deve ter renda mensal por integrante familiar de até R$ 140. Comprovado tal situação financeira, o interessado deve procurar a prefeitura da sua cidade para fazer a inscrição no Cadastro Único.

Para não perder o Bolsa Família, o contemplado deve atender exigências de educação (ter o filho com freqüência escolar mínima) e saúde (estar em dia com as cartas de vacinação e, pra gestantes, com o pré-natal), além de atualizar o seu cadastro a cada 2 anos.

TIAGO MARTINELLO do Jornal Agazeta

Compartilhe

    Deixe seu comentário

    Mensagem

    

    Site desenvolvido por Agência Live Design

    Fones: (68) 3322-7302 / 9998-9802
    Responsável: Cleonildo R. do Nascimento

    REDES SOCIAIS